EDUCAÇÃO AMBIENTAL

-------------------------------------------------------------
PALESTRAS E OFICINAS
-------------------------------------------------------------

SEMINÁRIO DE OBSERVAÇÃO DE AVES DA REGIÃO DA GRANDE DOURADOS
(DOURADOS/MS)



Participei como palestrante no Seminário de Observação de Aves da Região da Grande Dourados que aconteceu em Abril de 2015 no auditório da Universidade Federal da Grande Dourados. Na oportunidade abordei o tema: "Turismo de Observação de Aves em Mato Grosso do Sul: Potencialidades, Produtos e Perspectivas". 




O Seminário foi uma realização do Centro Acadêmico Charles Darwin do curso de Biologia da UFGD e na oportunidade também foi criado o Clube de Observadores de Aves da Região da Grande Dourados.




 GEANCARLO MERIGHI
-------------------------------------------------------------

FESTA DA ARARA VERMELHA E 1º ENCONTRO DE OBSERVADORES DE AVES DE JARDIM/MS

Participei como palestrante no 1º Festival da Arara Vermelha em Jardim/MS. O festival aconteceu em Novembro de 2014 e, durante este evento, foi criado o Clube de Observadores de Aves de Jardim/MS.

Esta cidade Sul-mato-grossense é conhecida no mercado de Observação de Aves devido à RPPN Buraco das Araras, um dos pontos obrigatório para os observadores do Brasil e do exterior pela quantidade de Araras-vermelhas-grandes que convivem no local.




GEANCARLO MERIGHI


---------------------------------------------------------------------------------
ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL
---------------------------------------------------------------------------------

PROJETO AVES VOANDO, MUNDO FLORANDO
"Famílias Unidas Observando as Aves"



Este projeto tem como objetivo principal o desenvolvimento do ser humano no sentido social, ambiental e familiar por meio da sua aproximação com natureza utilizando como ferramenta a prática da Observação de Aves.

Esta prática, Observação de Aves ou Birdwatching em inglês, que inicialmente era realizada apenas por pesquisadores ornitólogos, vem crescendo a cada dia no Brasil e no mundo em número de adeptos amadores, sejam eles adultos, crianças, homens e mulheres que gostam de ocupar seu tempo livre com atividades produtivas, seja em grupo ou individualmente. Com isso, a observação de aves ganhou um nome comum: “Passarinhar”. Nosso país, por conta de sua dimensão continental, apresenta diversos biomas em seus limites, cada um com uma avifauna diversifica e encantadora, que vem despertando interesse de “passarinheiros” do mundo todo em vir conhecer nossas belezas aladas.

Passarinhar não se resume apenas em ir ao campo observar ou fotografar aves, podemos dizer que esta é uma de suas fases, que começa na decisão de onde ir e qual(s) ave(s) se pretende observar. Partindo desta ideia, é necessário que o observador faça um planejamento de sua saída a campo, bem como, do material que irá utilizar. Durante a passarinhada, existem algumas técnicas que auxiliam na observação que podem ser utilizadas, sendo que, algumas delas como o Playback, que significa reproduzir mecanicamente o som de determinada ave buscando trazê-la para perto e fazer os registros, deve ser utilizado com parcimônia visando o bem-estar da ave. Após, quando voltamos para casa, é a hora de identificar alguma espécie, catalogar e pesquisar para conhecer mais profundamente seus hábitos.

Desta maneira, entende-se que a observação de aves é uma prática que favorece o desenvolvimento da mente e do intelecto, desenvolvendo uma consciência sistêmica e ambientalmente positiva da inter-relação e interdependência do ser humano com a natureza, podendo aflorar no caráter do praticante uma consciência melhorada da necessidade de conservá-la para as gerações futuras. Desenvolve também o fisco, ou seja, o corpo também é favorecido pelos exercícios de caminhada ao ar livre, pelo campo ou mata fechada, contribuindo para uma melhor mobilidade, coordenação motora, funções respiratórias, atenção, visão, dentre outros. O espiritual também se fortalece por meio da interação com a natureza, pela variedade de cores, cantos e movimentos das aves que encantam os observadores, afugentando o estresse, relaxando o corpo, a mente e fortalecendo o espírito.

O projeto é desenvolvido em três momentos distintos, sendo o primeiro momento informativo com o desenvolvimento de palestras e vídeos. No segundo momento será realizada a visita de campo e no terceiro momento dar-se-á o fechamento e confraternização. Alguns materiais imprescindíveis são: Binóculos, Máquina Fotográfica, Caderneta, Caneta e Gravador. O número de participantes é de 30 pessoas, sendo 10 crianças e/ou adolescentes e 20 adultos (pais).

Contato: geantur@gmail.com


2ª EDIÇÃO DO PROJETO

A 2ª Edição do Projeto aconteceu em 2014 na chácara do C.E.B.U.D.V. N. Senhora Santana, em Campo Grande-MS, durante o acampamento das Crianças. 




1ª EDIÇÃO DO PROJETO


No dia 29 de setembro de 2013, na chácara do C.E.B.U.D.V. N. LUZ DE MARIA, em Campo Grande-MS, foi realizada a primeira edição do Projeto “AVES VOANDO, MUNDO FLORANDO”, com a temática: “A Família Unida Observando as Aves”. A atividade fez parte da programação do Acampamento das Crianças realizado nos dia 28 e 29/09/2013. 

Foram aproximadamente 30 participantes entre crianças e adultos (pais). A atividade iniciou com uma palestra, misturando informações e as vocalização das aves, abordando de forma lúdica os seguintes aspectos:

1.  A importância das aves para o meio ambiente;
2.  O colorido das aves;
3.  As aves símbolo dos Estados brasileiros;
4.  Os materiais necessários para observação de aves;
5.  Os equipamentos de segurança para andar nas trilhas.

Após esta etapa, foi realizada uma atividade prática nas dependências da chácara onde foi possível observar algumas espécies com Canário-da-terra-verdadeiro, Sabiá, Tiziu, Pardal, Maria-cavaleira, dentre outras, bem como, ninhos de João-de-pau e sabiá.



Em seguida aconteceu o café da manhã e após retornamos para o encerramento, onde as crianças descreveram as aves que viram durante a trilha.




GEANCARLO MERIGHI
-------------------------------------------------------------

OFICINA DE OBSERVAÇÃO DE AVES COM OS ESCOTEIROS DO GRUPO ESCOTEIRO MÁRIO DILSON

Em parceria com outros integrantes do Clube de Observadores de Aves de Campo Grande/MS realizamos em setembro de 2013 uma oficina de observação de aves e educação ambiental com os Escoteiros do Grupo Mário Dilson de Campo Grande/MS.


GEANCARLO MERIGHI



Nenhum comentário:

Postar um comentário