Postagens

Mostrando postagens de 2017

PORTO MURTINHO-MS: PASSARINHANDO NO CHACO BRASILEIRO

Imagem
Fim de tarde no Rio Paraguai - Porto Murtinho/MS
O município de Porto Murtinho está localizado na porção Sudoeste do Estado de Mato Grosso do Sul e faz fronteira com o Paraguai. Seu território contempla dois dos três biomas oficiais brasileiros que acontecem no Estado, o Cerrado e o Pantanal e o município é banhado pelas águas do Rio Paraguai e diversos de seus afluentes, com destaque para o Rio Apa.
                                                                         Flor de Tuna - Vegetação típica do Chaco

Neste município existe uma porção do Chaco ou “Chaco Paraguaio”, que se estende desde o Rio Pilcomayo, fronteira do Paraguai com a Argentina, e o Rio Paraguai e Foz do Rio Apa, na fronteira do Paraguai com o Brasil, fazendo fronteira ao norte com a Bolívia. Em suas características possui solos salinos, grande variedade de fauna e flora.

Com um clima predominantemente semiárido a região do Chaco é pouco povoada e, no Paraguai abrange três departamentos, o de Boquerón, o de Alto Pa…

AUTOPSIA DO TURISMO DE OBSERVAÇÃO DE AVES: UM PONTO PARA REFLEXÃO

Imagem
Valendo-me da ideia do amigo Francisco Muñoz de Escalona, que escreveu o livro Autopsia Del Turismo (2004), utilizaremos a palavra autopsia para analisar o turismo de observação de aves, pois o termo indica um “exame minucioso realizado por especialista qualificado”.
De acordo com a Lei Geral do Turismo (2008), a meu ver o único documento que “define” o que é turismo por se tratar de uma Lei Nacional, ou seja, um documento oficial, “considera-se turismo as atividades realizadas por pessoas físicas durante viagens e estadas em lugares diferentes do seu entorno habitual, por um período inferior a 1 (um) ano, com finalidade de lazer, negócios ou outras”.
Iniciaremos a autopsia procurando compreender o que nos diz esta definição. Quando trata das “atividades realizadas”, entende-se que existe algo sendo desejado pelas “pessoas físicas” quando realizam suas viagens, bem como que existe uma oferta destas atividades no local onde eles visitam. Aqui começamos a perceber uma relação de mercado q…

UIRAPURU-LARANJA – A ODISSEIA PARA REGISTRÁ-LO

Imagem
O Uirapuru-laranja (Pipra fasciicauda) é uma ave das mais bonitas que eu já vi até o momento. O macho da espécie reúne cores vibrantes de laranja e amarelo-ouro que contrastam com o preto das asas e cauda e as pequenas manchas brancas na asa e base da cauda. Os olhos são bem redondos de uma cor branco-amarelada bem clara e viva que dá um destaque a eles.
A fêmea por sua vez possui o mesmo tipo de olho, porém em sua plumagem predomina a cor amarela, sendo amarelo-ouro mais claro no uropígio, ventre, peito e garganta e um amarelo esverdeado mais escuro no dorso, asas, cabeça e cauda.

Minha história com esta espécie é de bastante perseguição, é claro que neste caso eu fui o perseguidor e o Uirapuru me deixando com um gostinho amargo na boca, aquele que nos remete a mensagem de “fica para próxima oportunidade”. Eu já havia avistado o mocho, porém, o que eu sempre quis foi fazer um belo registro desta espécie para minha coleção de fotos de aves.
A primeira vez que vi a espécie foi em Corguin…

Passarinhando no Pantanal do Aquidauana!

Imagem
Fui convidado para pescar, outra prática que gosto muito, no Rio Aquidauana já na região do Pantanal.  A viagem até o local foi bem legal, estradas boas e a beleza cênica do Pantanal alegrando nossos olhos a cada momento.
Algumas surpresas se apresentavam a cada instante como os cervos, porcos, catetos e queixadas. Também havia a possibilidade do encontro com as onças e outros felinos que, pelas histórias que ouvimos dos moradores locais, também são presença constante no local, onde se alimentam, dentre outras iguarias, do gado das fazendas.
As onças não apareceram somente suas pegadas em volta de uma lagoa onde esteve caçando uma das noites, porém, as aves no local são abundantes e diversificadas. Jacutingas, papagaios, periquitos, maracanãs, martins-pescadores, biguá, biguatinga, araras vermelhas e azuis, arancuã, talha-mar, trinta-réis, maçaricos, batuíras, joaninha, cardeal, gaviões, garças, tuiuiú, cabeça-seca, dentre outros pássaros e aves que nos brindavam com sua presença consta…

Algumas aves que frequentam rios e lagoas do Pantanal Sul-Mato-Grossense!!

Imagem
BIGUA:
MAÇARICO-GRANDE-DE-PERNAS-AMARELA: 
MAÇARICO-DE-SOBRE-BRANCO: 
TALHA-MAR: 





BATUÍRA-DE-ESPORÃO: 


MARTIM-PESCADOR-PEQUENO:

MARTIM-PESCADOR-GRANDE: 
TAPICURU-DE-CARA-PELADA: